Gestão Empresarial

Como praticar a sustentabilidade no setor de TI?

As atividades desempenhadas no setor de Tecnologia da Informação (TI) podem ser diferentes das de todos os outros departamentos da empresa, mas consomem recursos e podem ser tão poluentes quanto as outras. O próprio processo de manutenção de um data center pode gerar altos gastos de energia se não for bem planejado e estruturado. Isso faz da sustentabilidade no setor de TI uma estratégia para a redução de custos e melhora de imagem para a organização.

Mesmo que a empresa não disponha de um orçamento suficiente para mudar sua estrutura e adequar seus processos às práticas de TI Verde, dá para começar devagar, implementando pequenas e importantes atitudes. Nós te ajudaremos com isso. Descubra a partir de agora por que é tão importante ter um setor de TI sustentável e como fazer isso.

Por que é importante adotar a sustentabilidade no setor de TI?

Os gestores de TI não precisam esperar por uma iniciativa da diretoria para adotar a sustentabilidade. Eles mesmos podem planejar e implementar a estratégia no setor, desde que a diretoria tenha ciência disso. Com isso, o setor pode se tornar um exemplo a ser seguido pelos outros.

Quando ações como essa são realizadas, o departamento começa a medir o uso dos recursos naturais e o impacto ambiental causado no processo, permitindo encontrar soluções para melhorar as atividades operacionais enquanto se reduz a degradação do meio ambiente.

Entre as vantagens de praticar a TI Verde, podemos destacar:

  • economia do espaço físico para acomodação de servidores e outros equipamentos;

  • diminuição das despesas com materiais, equipamentos e outros recursos;

  • redução da emissão de CO2 (dióxido de carbono) no meio ambiente;

  • descarte adequado dos equipamentos e materiais obsoletos;

  • determinação do uso correto para o ar-condicionado;

  • valorização da imagem da organização no mercado;

  • diminuição do consumo de energia elétrica;

  • aumento do desempenho operacional;

  • promoção de inovação contínua;

  • incentivo à reciclagem.

Depois que o setor de TI implementar a TI Verde, é importante que inicie um projeto para aplicá-la em todos os outros departamentos, visando estender os resultados positivos alcançados para toda a organização.

Como ter um setor de TI mais sustentável?

A sustentabilidade no setor de TI ainda é algo novo, mas essa estratégia gera benefícios que não podem ser ignorados. Por isso, listamos abaixo algumas dicas simples e eficientes para você começar sem dificuldade. Confira!

Monitore e controle a emissão de carbono na empresa

O departamento de TI é o que possui maior envolvimento com as tecnologias, e pode ser responsável por criar um sistema capaz de medir o volume de emissão de carbono por todos os setores, inclusive o próprio. Centralizar essa tarefa na TI garante dados mais confiáveis para facilitar o monitoramento e controle da emissão desse gás, além de ajudar na hora de encontrar soluções para eventuais problemas e possibilitar ações para compensar e recuperar os estragos já realizados.

No setor de TI, as principais fontes de emissão de carbono são o alto consumo de energia elétrica, a produção e teste de softwares e hardwares, além do descarte inadequado de peças e equipamentos. Resolver esses problemas é um bom ponto de partida para começar a praticar a sustentabilidade.

Reduza o consumo de energia elétrica no setor

Você pode criar um plano de consumo de eletricidade baseado nas necessidades da empresa, especificando a média para cada setor e limitando usos adicionais. Aliás, todos os setores devem se envolver no projeto e terem suas próprias cotas de responsabilidade na redução do consumo de energia.

No setor de TI, isso pode ser feito repensando o posicionamento dos servidores e uso do data center, criando estruturas que funcionem de forma mais inteligente. Se os aparelhos informáticos forem posicionados mais próximos do ar-condicionado, por exemplo, isso pode reduzir a potência dos equipamentos. À noite, se não houver necessidade de uso, todos os aparelhos eletrônicos do data center podem ser desligados.

O ar-condicionado é o equipamento que mais gasta energia e, se não for do modelo apropriado para o tipo e tamanho do ambiente, isso pode piorar, pois ele pode ficar sempre tentando alcançar a temperatura programada e não conseguir, funcionando em potência máxima ininterruptamente.

Foque também no investimento em servidores, computadores e aparelhos de ar condicionado que possuam a tecnologia Inverter para entregar o desempenho necessário sem gastar tanta energia. Mesmo assim, seja consciente e sempre se esforce para reduzir o consumo de eletricidade.

Diminua o desperdício dos insumos necessários

Geralmente, muito papel é gasto desnecessariamente no setor de TI e também nos outros. Mude isso verificando se o tipo e tamanho do papel utilizado é compatível com as impressoras locais e realizando manutenções constantes nelas. Isso deve evitar atolamentos de papel e desperdícios de tinta.

Depois, desenvolva uma campanha interna de conscientização para reduzir o número de impressões desnecessárias. Assim, serão reduzidos os custos com uso excessivo de energia, materiais e serviços de manutenção.

Atente-se para o descarte correto dos materiais

Os fornecedores de recursos de TI que se preocupam com a sustentabilidade oferecem, além de seus produtos e serviços, um programa de coleta, reciclagem e descarte dos materiais de forma adequada, não agredindo o meio ambiente.

O que pode ser reciclado é reaproveitado e, em muitos casos, você pode até ter um desconto na compra de novos insumos quando estabelece uma boa parceria com eles. Então implemente uma gestão de fornecedores eficiente na empresa e dê preferência para aqueles que incentivam as práticas de TI Verde.

Conheça e siga as regulamentações ambientais

Dedique um tempo para conhecer as leis e regulamentos ambientais para o setor de TI. A maioria das grandes empresas já segue um modelo com padrão de eficiência reconhecida e pode servir como base para você estruturar o seu.

Geralmente, há um cuidado expressivo no volume de compras (adequação exata às necessidades), uso consciente (sem desperdícios), reciclagem e descarte ecologicamente correto. O ideal é que se vá adequando o setor de TI a essas normas aos poucos, até atingir o ponto de excelência desejado.

Considere migrar para a nuvem

A cloud computing é uma das maiores aliadas das estratégias de sustentabilidade, pois permite à empresa virtualizar seus servidores, redes e hardwares, eliminando a necessidade de manter um data center in-house. A organização usa apenas o necessário e elimina custos com manutenção de capacidade de TI ociosa.

Já imaginou o quanto é possível economizar com espaço físico, consumo de energia, aquisições, manutenções e atualizações de equipamentos? Além disso, a nuvem entrega uma série de benefícios que permitem otimizar as operações internas e externas da empresa, aumentando a produtividade ao mesmo tempo que reduz custos. Vale a pena considerar a ideia.

A sustentabilidade no setor de TI não é difícil de ser alcançada, mas demanda planejamento e dedicação. No final, ela será uma ferramenta que impulsionará a vantagem competitiva do negócio, podendo torná-lo uma referência no segmento de atuação.

Gostou da novidade? Aproveite para descobrir também como implementar a sustentabilidade em toda a empresa!

Sobre o autor

Canal da Tecnologia

Deixar comentário.

Share This