Suprimentos

Conheça 7 boas maneiras de aproveitar melhor o cartucho de sua impressora

Geralmente, um cartucho pode durar de 12 a 24 meses, mas isso dependerá do fabricante e de como ele é usado. Por se tratar de uma matéria-prima com valor relevante e de grande importância para as impressoras, alguns cuidados devem ser tomados para aproveitar melhor o cartucho, garantindo maior durabilidade e qualidade até o fim de sua vida útil.

Para te ajudar com essa tarefa, desenvolvemos um post apontando os principais motivos para adotar uma estratégia de melhor aproveitamento dos cartuchos e, claro, as melhores práticas para alcançar esse objetivo. Confira!

Por que aproveitar ao máximo o cartucho da impressora

Quando são adotadas medidas para prolongar a durabilidade dos cartuchos, automaticamente a empresa passa a ter alguns benefícios, como economia de custos e sustentabilidade. No caso do primeiro item, a organização pode otimizar as compras direcionando menos recursos para a aquisição de materiais para escritório.

Já na questão da sustentabilidade, a sociedade espera que as empresas deem exemplos de responsabilidade ambiental e, por isso, aumentar a durabilidade dos cartuchos é uma estratégia que pode melhorar a imagem do negócio.

As principais dicas para aproveitar melhor o cartucho da impressora

Agora que você já sabe por que é importante adotar estratégias para o melhor aproveitamento dos cartuchos de impressora, descubra como fazer isso. Para isso, listamos 8 dicas importantes.

1. Não force o consumo de tintas que apresentam falhas

Cartuchos que imprimem colorido dependem de tonalidades diferentes que se complementam para entregar a cor desejada. Por isso, se notar alguma pigmentação diferente do que foi configurado, suspenda imediatamente a impressão para não forçar as demais cores. Caso contrário, o resultado do trabalho pode ficar seriamente comprometido, além de acelerar o desgaste do material.

Nesse caso, o ideal é que mude para cores que estejam imprimindo normalmente ou em preto e branco. Você também deve retirar a peça da impressora, limpar a cabeça de impressão e reencaixá-lo no equipamento. Assim, o cartucho deve durar um pouco mais.

2. Não deixe de usar a impressora por longos períodos

Os cartuchos são feitos para serem usados de forma contínua. Se isso não acontecer, a tinta pode secar e gerar outros transtornos na hora da impressão, como entupimentos e queima da peça. De modo geral, os fabricantes recomendam que eles sejam utilizados uma vez por semana, pelo menos.

Algumas pessoas costumam adotar técnicas que envolvem o uso de vapor ou água morna para restaurar o cartucho, mas não são recomendadas. Elas não possuem eficácia comprovada e podem danificar o cartucho permanentemente.

3. Realize todos os procedimentos de alinhamento

Durante a instalação do cartucho na impressora, seja novo ou após uma retirada para verificação e limpeza, é importante que siga a risca o manual do fabricante para realizar os procedimentos de alinhamento da peça no equipamento da forma mais correta possível.

Encaixes mal feitos e desalinhados podem causar desperdícios de tinta e resultar em impressões com qualidade inferior, aumentando o índice de retrabalho na empresa.

4. Use cartuchos remanufaturados e equivalentes

A reutilização de cartuchos (reciclagem) é uma boa ideia para quando a tinta chagar ao fim. No entanto, é importante que se tenha cuidado, pois a empresa responsável pelo abastecimento deve ter boa procedência (alto nível de confiabilidade), caso contrário, a durabilidade será menor e as impressões não terão a qualidade desejada.

Se preferir trocar os cartuchos vazios por outros, já reciclados, para economizar tempo, fique atento ao modelo, pois eles devem ser exatamente iguais. Se não forem compatíveis com a sua impressora, podem causar defeitos no equipamento e na própria peça.

5. Tenha cautela no manuseio dos cartuchos

Todo produto tem a sua forma correta de manuseio, e com os cartuchos de impressora não é diferente. A primeira coisa que os fabricantes recomendam é que eles sejam retirados da embalagem somente no momento da instalação no equipamento. Isso porque, se ele ficar exposto ao ar livre, a tinta seca muito rapidamente, perdendo sua funcionalidade em uma instalação tardia.

Mesmo respeitando essa regra, durante o manuseio, evite ao máximo tocar na cabeça de impressão do cartucho, pois isso pode provocar falhas na impressão e entupimentos.

6. Utilize os modos adequados de impressão

Não é só na impressora e nos cartuchos que você deve adotar medidas para aumentar a durabilidade. Também existem configurações que podem ser realizadas pelo sistema operacional (Windows, Linux etc.) do seu computador para ajustar o melhor modo de impressão.

Toda impressora, por exemplo, oferece opções de ajuste clicando no ícone e abrindo sua própria janela de configuração. Sendo assim, quando quiser economizar e gastar menos tinta, escolha o modo rascunho ou econômico. Além disso, essa opção é ideal para testes ou quando precisar imprimir apenas textos, já que a qualidade do resultado final não é tão importante. 

7. Configure tipos de letras sustentáveis

Talvez você não saiba, mas existem tipos de letras desenvolvidas para serem mais econômicas sem comprometer a qualidade da impressão — esse é o caso da Ecofont, criada em 2008.

Diferentemente da fonte “Arial”, por exemplo, que é totalmente preenchida, a econômica possui em seu interior alguns pontilhados vazados. Dessa forma, a impressora detecta esses espaços e não injeta tinta nesses locais. E acredite, a diferença é quase imperceptível visualmente, não comprometendo a qualidade final da impressão e chegando a 25% de economia de tinta.

8. Pense antes de imprimir

Por último e não menos importante, tenha consciência antes de realizar a impressão de qualquer coisa. Afinal, de nada adianta praticar todas as dicas se anteriores e, ainda assim, você imprimir tudo o que vier pela frente. Por isso, além de ficar atento nas configurações da sua impressora e usar o papel adequado, sempre questione a real necessidade do uso do equipamento.

Lembre-se de que o desperdício de papel e tinta, além de gerar mais custos para a empresa, atrapalha qualquer estratégia que ela esteja desenvolvendo com relação à sustentabilidade. Transmitir a ideia de um empreendimento ambientalmente responsável depende disso.

Com essas dicas, agora é possível aproveitar melhor o cartucho da impressora. Então, não espere mais tempo e coloque-as em prática ainda hoje e ajude a empresa a reduzir custos enquanto desenvolve uma estratégia de sustentabilidade.

Quer saber mais sobre o assunto? Assine a nossa newsletter agora mesmo e seja avisado por e-mail sempre que tiver novidades por aqui!

Sobre o autor

Canal da Tecnologia

Deixar comentário.

Share This