Gestão Empresarial

Metodologia Six Sigma: saiba como aplicá-la em seu negócio

O mercado de hoje está cada vez mais incerto e muitas vezes instável. Neste cenário, é comum ver empresas inovarem e utilizarem estratégias específicas para a otimização de seus processos internos e o controle de qualidade de seus produtos, visando uma maior competitividade. Uma dessas estratégias é chamada de Metodologia Six Sigma.

A metodologia Six Sigma surgiu em meados dos anos 80 e foi criada por um engenheiro chamado Bill Smith, da Motorola. Em parceria com a General Electric, eles criaram certificações específicas para colaboradores e empresas, que variam desde o Green Belt até o Black Belt, e definem o nível de aprofundamento, participação e implementação em projetos que trazem essa metodologia.

Como tudo isso em mente, você deve estar se perguntando: afinal, como funciona esse método e em quais setores ele pode ser aplicado? Confira o post que preparamos e entenda!

O que é a Metodologia Six Sigma?

Sigma é uma letra do alfabeto grego que também determina uma variação estatística. Com isto dito, essa metodologia se baseia em análises estatísticas para determinação de erros e defeitos nos processos internos da empresa.

Ela apresenta resultados que variam de 1-sigma (processos internos ineficientes, com grande taxa de defeitos) a 6-sigma (resultado ideal, indica processos otimizados e eficientes, com taxa de defeitos abaixo de 3 em um milhão). Isso significa que, com o 6-sigma, 99,99966% dos processos da empresa serão livres de erros.

A partir da determinação dos erros, a empresa pode tomar decisões conscientes. Uma melhor tomada de decisão leva à otimização da margem de lucro e beneficia todas as etapas de desenvolvimento dos projetos.

Como aplicar essa metodologia na minha empresa?

Existem duas formas mais comuns de se aplicar o Six Sigma nas empresas. O DMAIC, que é orientado para processos internos já existentes, e o DMADV, que é utilizado para a criação de processos.

O DMAIC explicita cinco passos específicos:

  • definir o projeto e seus objetivos específicos;

  • mensurar os dados sobre os processos e coletar informações relevantes;

  • analisar as informações coletadas, procurando as causas dos erros;

  • incrementar ou otimizar os processos a partir das análises feitas;

  • controlar o processo e seu objetivo de otimização, para que não haja desvios.

Já o DMADV tem cinco passos, que diferem dos outros em objetivos:

  • definir o design e a demanda sobre o projeto;

  • mensurar os dados e coletar informações relevantes para o desenvolvimento;

  • analisar as informações coletadas para desenvolver alternativas;

  • design de alternativa a partir da análise anterior;

  • verificação do design e implementação dos processos.

A ideologia por trás de qualquer um desses dois tipos de metodologia Six Sigma é a de que sua empresa pode resolver qualquer erro ou problema no processo e ainda otimizar toda a produção. Os times que implementam essa estratégia normalmente têm um líder (Six Sigma Champion) que define o problema a ser resolvido e, diante disso, toda a metodologia acontece.

Quais são os benefícios da Metodologia Six Sigma para a empresa?

Como o objetivo último de toda a empresa é seu compromisso com a qualidade e a possibilidade de continuar competitiva no mercado, metodologias de otimização de processos como a Six Sigma trazem muitos benefícios. Com o maior controle sobre a qualidade do produto, a relação com o cliente tende a ser otimizada e melhorada.

Além disso, com a diminuição de riscos e problemas nos processos internos, as equipes têm mais tempo para focar em seus objetivos verdadeiros e seus talentos são melhor utilizados. Com equipes e times mais integrados, que agora têm processos de desenvolvimento otimizados, cria-se na sua empresa uma cultura mais proativa e resiliente, mais facilmente adaptável a mudanças.

Como a metodologia se constrói a partir da análise de informação útil para a sua empresa, a redução de custos (despesas que normalmente surgiriam de problemas ou processos não otimizados) aumenta enquanto os erros desaparecem. Isso aumenta a margem de lucro e garante melhor utilização do capital financeiro, o que traz mais estabilidade à sua empresa no mercado.

Logo, os benefícios dessa estratégia e de sua aplicação são vários:

  • otimização do tempo e do capital intelectual;

  • criação de uma cultura corporativa proativa;

  • melhor integração e gestão de times;

  • redução de custos e despesas de erros e processos não otimizados;

  • aumento da margem de lucro;

  • otimização da relação com o cliente;

  • maior controle sobre a qualidade do produto.

Quais os exemplos de aplicações dessa metodologia?

A estratégia do Six Sigma pode ser aplicada em diversos setores, com sucesso. Um exemplo de setor em que essa metodologia é aplicada frequentemente é a área de finanças: bancos que têm problemas na otimização de seus processos (normalmente voltados para o crédito) usam dessa estratégia visando uma relação melhorada com o cliente.

Outra área que utiliza essa metodologia comumente é o setor de engenharia e construção civil. A metodologia Six Sigma ajuda empresas dessa área a controlar e reduzir o desperdício de materiais específicos, além de otimizar o tempo de construção dos projetos. Já na área de manufaturas, essa estratégia possibilitou um aumento na poupança de capital, além de também otimizar e reduzir a produção de resíduos.

O setor da logística também usa da metodologia Six Sigma para melhorar seus processos, considerando que é preciso que seus produtos sejam entregues dentro dos prazos e que a qualidade alta desses produtos seja mantida. É possível utilizar dessa metodologia em outros setores diversos, como o da saúde.

Em um mundo cada vez mais inovador e competitivo e em um mercado cada vez mais incerto, é imprescindível que você e sua empresa garantam que os processos organizacionais internos sejam os mais eficientes e otimizados possíveis, garantindo a excelência e automação, além da melhor relação com os clientes.

Estratégias como a metodologia Six Sigma são imprescindíveis para atingir tais objetivos, e ainda garantir a maximização de seus lucros com a minimização das despesas e dos problemas nos processos. Com todos esses benefícios, você não vai querer ficar de fora dessa tendência.

O que achou do texto? Agora que você aprendeu tudo sobre a metodologia Six Sigma e os benefícios que ela traz para sua empresa, compartilhe o artigo nas suas redes sociais e espalhe a informação!

Sobre o autor

Canal da Tecnologia

Deixar comentário.

Share This